Enfrentamento ao Racismo Institucional

Enfrentamento ao Racismo Institucional


Home
Produção Cultura Negra
Legado
Projeto Quintino
Parceiros
Universidades e Guias
Blog do Luiz Otávio

Promoção da Igualdade Racial

No ano de 2013, relativo Associação de Defesa e Divulgação da Comunidade Negra e Comunidade do Samba ADICLUSA, firmando no desenvolvimento da Produção de Cultura Negra, considerando o inicio que aconteceu em 1983, o Enfrentamento ao Racismo Institucional, atualmente é a preocupação principal, visto que, na cidade de São Vicente Administração Luíz Cláudio Bili, ao implantar a Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial - COPPIRSV, que aconteceu no dia 13 de maio, com objetivo de assessorar, articular, planejar, implementar e executar ações destinadas às políticas públicas de promoção da igualdade racial no âmbito das ações afirmativas voltadas ao combate do racismo e qualquer tipo de discriminação, xenofobismo e intolerâncias correlatas, em parceria com o Governo Federal para colocar em pratica na cidade, programas coordenado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial SEPPIR e pela Secretaria Nacional de Juventude, órgãos da Presidência da República, abriu aos interessados na temática de toda região da Metrópole Santista, oportunidade inédita para fortalecimento dos trabalhos de todos que se dedicam em prol do bem comum.

A parceria inicialmente trouxe como suporte de orientação para  atuação, o Guia Juventude Viva, a realização da "Exposição fotográfica África em Nós", que aconteceu no Ilha Porchat Clube no mês de setembro 2013, foi como uma chamada aos interessados para comunicar que a visão em relação a promoção da igualdade na cidade de São Vicente é para fazer valer de fato a igualdade racial.

Na oportunidade firmou parceria com a Universidade UNIDEZ.

A III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – III CONAPIR, realizada pelo Governo Federal que aconteceu em novembro 2013, tema Democracia e Desenvolvimento Sem Racismo: por um Brasil Afirmativo, teve como preparação o Seminário Representação Política e Enfrentamento ao Racismo, decidindo como base de atuação o Guia de Implementação do Estatuto da Igualdade Racial, são suportes de orientação que na busca da condição de liberdade, estão ajudando e muito no enfrentamento ao racismo institucional.

Cidade de São Vicente continuando com o propósito além da exposição fotográfica, iniciou a articulação com a abertura da Semana da Consciência Negra, que aconteceu em 19 de novembro, na oportunidade firmou o termo de cooperação técnica entre COPPIRSV e a Fundação Casa, acontecimento importante porque foi aberta as portas do gabinete do prefeito para receber população e de forma inédita, expor a visão que o Governo de São Vicente esta adotando em relação ao promoção da igualdade tendo como intenção principal atendimento a Comunidade Negra.

No dia 20 de novembro, novamente voltou ao Ilha Porchat Clube para realização da solenidade de entrega do "Troféu Zumbi dos Palmares", evento de primeira qualidade no qual Luiz Otávio de Brito foi um dos consagrados pelo Executivo Municipal com aval do Legislativo Municipal de São Vicente.

No dia 21 de novembro realizou a Oficina sobre Promoção da Autonomia Econômica das Mulheres Negra na Baixada Santista, palestrante Neuza Tito Secretaria Adjunta da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da Republica.

No dia 22 na Câmara Municipal de São Vicente, realizou  painel de debate sobre discriminação racial "Aspectos Legais" com o coordenador geral do Centro de Direitos Humanos da Academia da Policia Civil do Estado de São Paulo Tabajara Novazzi, capitão da Policia Militar do Estado de São Paulo e chefe da seção de Direitos Humanos, Evanilson Corrêa de Souza e diretora técnica da Fundação Casa, Penha Lucia Valério Ramos.

No dia 25 de novembro no Centro de Convenções de São Vicente, foi realizado o Seminário de Educação da Lei nª 10.639/03 e lei nº 11.645/08. Parceria entre a COPPIRSV e a Coordenação de Políticas para População Negra e Indígena do Estado de São Paulo, que faz parte da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, evento realizado juntamente com a Secretaria de Educação de São Vicente.

O Seminário da Educação, além da participação da Secretaria Municipal da Educaçãode São Vicente, em destaque teve a participação da Silvana Norte – Representando a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e do intelectual sobre História afro-brasileira e História da África Profº Dr Sergio Norte da Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Júlio de Mesquita Filho.

No dia 29/11, foi no Colégio Objetivo de São Vicente, a realização do Seminário da Saúde da População Negra com a participação do  Exmo. Sr. Dr. Eduardo Munhoz, Secretário Municipal de Saúde de São Vicente e dos médicos  Wilson Gabino e Marise Barbosa, do Departamento Regional de Saúde da IV da Baixada Santista.

Aconteceu também de 11 de novembro ao dia 30 a Exposição "Consciência Negra em Cartaz". Amostra com 51 cartazes, com objetivo de mostrar a importância dos Negros no Brasil e valorizar os Direitos Humanos de forma igualitária.

As realizações municipal, estadual e federal é que formam como sustentação para Enfrentamento ao Racismo Institucional, seja contra os setores que resistem dentro do município por parte dos integrantes do Conselho Municipal da Igualdade Racial e omissão aos interesses que começou surgir através do Conselho Municipal de Políticas Cultural.

Em relação aos município da Região outro enfrentamento ao racismo institucional a resistência acontece por parte da Secretaria Municipal de Cultura que tem como secretário Raul Christiano, o que fez levar a Coordenadora da Promoção da Igualdade Racial de São Vicente Drª Alessandra FRanco, na cidade de Santos para ser homenageada com a permissão da Comunidade do Samba que aconteceu através do mentor do Conselho Oficial do Samba Santista J. Muniz Jr., com o intuito  de confirmar perante a Comunidade do Samba e autoridades presente que o combate ao racismo institucional esta de fato em andamento na Região e tem como referência a cidade de São Vicente.

O mérito vai para Drª Alessandra Franco que na condição de Ativista da Comunidade Negra e Gestora de Políticas Pública, que além de abrir espaço na rádio, para relacionamento diário com a Convivência Comunitária e a população em geral, também participou em inúmeros outros eventos oficial, inclusive como delegada na III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial.

Drª Alessandra Franco, mesmo como iniciante esta expondo capacidade fora do comum, podemos classifica-la como nossa Rainha que quer estar com os comprometidos com a igualdade racial sem afastar dos privilegiados que estando sobe as garras do poder dominante embora estão atuando a anos ainda em nada contribuíram para a promoção da igualdade racial porque os governos ainda não implantaram o sistema que vigora em São Vicente, neste sentido, com a falto do que fazer, articulam não para somar e sim para impor trabalho paralelo, mesmo sabendo que o exemplo na Região de Metrópole Santista em relação a implantação do combate ao racismo institucional pertence a cidade de São Vicente.

Portando, Administração do prefeito Luís Cláudio Bili, tendo a frente a Coordenadora de Promoção da Igualdade Racial Drª Alessandra Franco, que atuando em condições de liberdade, procedimento inédito que acontece na Região da Metrópole Santista,  termina de forma satisfatória o ano de 2013, a articulação visando o planejamento para implementar e executar ações destinadas às políticas públicas de promoção da igualdade racial no âmbito das ações afirmativas voltadas ao combate do racismo e qualquer tipo de discriminação, xenofobismo e intolerâncias correlatas.

O sentimento é de honra a Produção de Cultura Negra, poder colaborar diretamente para que este processo no mais breve possível seja uma fato para o bem da Comunidade Negra de São Vicente, continuando trazendo contribuição para a população da cidade, como também, para as demais cidades da Metrópole Santista como já acontece na fase inicial de articulação.

Parabéns!!!!

Conheça também o Plano de Ação da Produção de Cultura Negra.

Guia de Enfrentamento ao Racismo Institucional

 

Comente

 

 

 

Home | Produção Cultura Negra | Legado | Projeto Quintino | Parceiros | Universidades e Guias | Blog do Luiz Otávio 

Webmaster: Luiz Otávio de Brito

 

Início do Site 21 de março de 2000, Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial

 

Direitos da Produção de Cultura Negra, protegidos pela Lei Federal Nº 5.761 de 27 de abril de 2006 a qual trata do Programa Nacional da Cultura e Lei Federal Nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 a qual trata dos Direitos Autorais no Brasil.