Recapitulando o trabalho

Enfrentamento ao Racismo Institucional


Home
Produção Cultura Negra
Legado
Projeto Quintino
Parceiros
Universidades e Guias
Blog do Luiz Otávio

Rumo a Plenitude Humana
 

ELEIÇÃO 2012

 

Manifestação e difusão da Produção de Cultura Negra se realiza tendo como fato que Comunidade Negra e Comunidade do Samba, se constituem nas mais organizadas dos país, mérito conquistado por seguir o legado de Quintino de Lacerda, Pai Felipe e Dr Esmeraldo Tarquinio de Campos Filho.

 

Os registros formam o Projeto Quintino de Lacerda, caminhamos com o pesquisador e escritor da Comunidade Negra e Comunidade do Samba J. Muniz Jr, como o mais novo segmento da sociedade, Produção de Cultura Negra conduz a manifestação a difusão visando que perante a campanha eleitoral 2012, passe a ser considerado o institucionalizado na busca da Plenitude Humana, dádiva que surgiu pela dedicação das comunidades.

 

O primeiro degrau da escada de Evolução Humana está consagrar o qual é o da identidade Comunidade Quilombola: História e Cultura Negros e Sambistas de Santos, para colocar em pratica o Plano de Vida, Plano de Ação e Plano de Carreira, a preocupação esta voltada para eliminar a falta de consideração aos Direitos Humanos, pratica ainda enraizada no desenvolvimento político da Metrópole Santista.

 

Para as finalidades foi reorganizado o Site Negros e Sambistas de Santos e o Site Empreendedor da Produção de Cultura Negra. Na condução do processo seria impossível partir para os objetivos principal sem unir elementos que de forma clara sirvam de apoio para abertura do caminho.

 

O fundamento é o institucionalizado, a orientação denominada “lição de casa” são os eventos nacional e internacional especificamente a Declaração do Milênio realizada pela Organizações da Nações Unidas ONU em 2000, a III Conferência Mundial Contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlatas, realizada na África do Sul cidade de Durban em 2001, e o Seminário Soberania e Democracia Popular realizado pela Câmara dos Deputados em 2002, informações que constam no Blog do Luiz Otávio.

 

Objetivo político institucionalizados na Política Nacional da Educação, oficializada pelo Ministério da Educação através do Conselho Nacional da Educação e Política Nacional de Assistência Social oficializada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome através da Secretaria Nacional de Assistência Social.

 

Neste ano de 2012, completou dois anos da institucionalização do Estatuto da Igualdade Racial, aplicação dificultada porque o atraso no meio político conforme consta no Site Usina de Letras é o fato, forma de atuação que na pratica intimida a população em relação a participação, atraso praticado por pessoas que visam manter privilégios, transtorno de personalidade marcado pela insensibilidade dos sentimentos alheios, conforme publicado no Jornal da Orla matéria de autoria da jornalista Mirian Ribeiro.

 

Acontece que a democracia mesmo lentamente vem ganhando campo no combate as injustiças oferecendo a oportunidade de participação dos grupos considerados vulneráveis, no caso Comunidade Negra e Comunidade do Samba, estando consagrado a personalidade, ou seja, já há a possibilidade de denunciar os poderosos abertamente o que já se pode considerar que ultrapassamos a meta do satisfatório, aproveitando a Rede Social, Produção de Cultura Negra desenvolve a difusão e manifestação cultural a nível nacional.

 

Na eleição 2012 Produção de Cultura Negra se posiciona para mais um avanço no sentido de que a Qualificação Profissional passe a ser o marco inicial da Plenitude Humana como fato inédito no país em termos de Comunidade Negra, manter a tradição de Santos como cidade abolicionista.

 

Para as finalidades tem como apoio Comitê Santista de Combate á Corrupção Eleitoral, conforme expõe a Juíza de Direito Regina Celia Ferrari Longuini, em sua dis­sertação de Mestrado “Origem e Propósito da Lei nº 9840/99: Uma reflexão sobre o Problema da Corrupção Eleitoral no Brasil”:

 

“...A corrupção eleitoral representa um capítulo singular na história brasileira, remonta ao Brasil Império, perpassa o período militar, e reapa­rece como um movimento cíclico transgressor do ordenamento jurídico e da democracia...”

 

Comitê Santista de Combate á Corrupção Eleitoral, lançamento aconteceu dia 17/04/2012, na OAB-Santos, na oportunidade foi apresentada três ideias aos candidatos, sendo que as duas consideradas importante para Produção de Cultura Negra são:  

  •  Estabelecer uma plano de metas para o mandato;

  •  Divulgar todos os quadros da Administração.

Os movimento de mobilização para incentivar a sociedade a participar, não param, incentivando também, a continuação determinada pela Produção de Cultura Negra, Paz e bom uma ânsia da Sociedade que em 02/08/2012, levou na Pça Máua em Santos mais de 20 mil pessoas para vivenciar experiência única de fazer, sem esperar nada em troca, merece a reflexão visto que, é fato indiscutível que a população esta resignada com o que vive, estamos diante de tantas noticias ruins de tantas desgraça, com droga, violência, catástrofe naturais e provocadas pelo homem precisamos sim de um respiro, algo que nos faça perceber que Comunidade Negra e Comunidade do Samba somos, sim, humanos em essência e, mesmo cheio de defeitos capazes de amar acima de tudo.

 

Mobilização Paz e bom uma ânsia da Sociedade, foi direcionada para repensar a cultura do individual sobre o coletivo, ser solidário não apenas em grandes campanhas, mas também na vida cotidiana, buscando a harmonia, a tolerância e,  principalmente a cidadania, respeito que ainda não acontece por parte da Administração Municipal e que temos o Comitê Santista de Combate á Corrupção Eleitoral, como importante segmento para ajudar que seja evidenciado com clareza que o respeito ao exercício da cidadania do Negro e Sambista, caso mesmo na preparação eleitoral, por parte dos candidatos persista o desrespeito ao exercício da cidadania, não haverá outro caminho por parte dos candidatos o qual é de continuar a praticar a corrupção ofertando os espaços institucionalizados a privilegiados negando através da violência os direitos aos legítimos destinatários.

Clique na figura e conheça o Site.

A CADA DIA  E SOB TODOS OS PONTOS DE VISTA VAMOS CADA VEZ MELHOR 

 

P

 

Home | Produção Cultura Negra | Legado | Projeto Quintino | Parceiros | Universidades e Guias | Blog do Luiz Otávio

Webmaster: Luiz Otávio de Brito

 

Início do Site 21 de março de 2000, Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial

 

Direitos da Produção de Cultura Negra, protegidos pela Lei Federal Nº 5.761 de 27 de abril de 2006 a qual trata do Programa Nacional da Cultura e Lei Federal Nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 a qual trata dos Direitos Autorais no Brasil.